Portal Baldwin – Sua melhor fonte sobre Hailey Baldwin no Brasil » Arquivo » Hailey Baldwin fala sobre suas tatuagens, Hillsong e mais em entrevista ao site The Cut
Hailey Baldwin fala sobre suas tatuagens, Hillsong e mais em entrevista ao site The Cut
11.04.2018

Hailey Baldwin compareceu ao Infinity Awards nesta segunda-feira, 09, e enquanto passava pelo red carpet do evento a modelo concedeu algumas entrevistas, dentre elas o site The Cut. Hailey falou sobre suas duas novas tatuagens, a diferença entre as igrejas Hillsong e City Church, e também contou o que pretende fazer no verão, confira a entrevista abaixo:

Quando perguntada sobre suas tatuagens Hailey disse: 

“Eu acabei de fazer outra. Tipo ontem, dois dias atrás. É um coração. Eu fiz essa e fiz outra bem aqui [aponta para o osso do quadril direito], mas não posso mostrar porque não posso levantar meu vestido, mas está escrito 1996” “O coração foi tipo por estética. Eu apenas acho fofo. Não há nenhuma história por trás. Eu acho que tatuagens pequenas e delicadas são muito, tipo, muito lindas nas mulheres. E 1996 foi o ano que nasci, então…” Hailey  sobre o significado das novas tatuagens.

“Eu tento dar um tempo quando faço tatuagens. Ter ela sempre foi uma ideia minha. É só quando decido não ter. Eu acho que agora eu vou dar um tempo de tatuagens porque estou ficando sem espaço. Tenho dezenove tatuagens. Elas são pequenas, mas eu gosto de cada uma. Estou ficando sem espaço para colocar pequenas. E eventualmente, quando eu tiver filhos um dia, eu quero colocar o nome deles, então quero ter espaço para isso.” Hailey continua “Eu nunca planejei. Eu planejo uma noite antes e fico tipo, acho que isso ficaria fofo, então mando uma mensagem para o JonBoy: “Eu irei aí.”

“Isso é o que eu espero que as pessoas vejam quando verem as minhas, quando verem o trabalho dele. Que eles tipo repensarão que não precisa ser sempre algo grande ou uma palavra grande.” Hailey Baldwin sobre a fala do entrevistador, que tatuagens pequenas fazem repensar.

Sobre ter conhecido o JonBoy na Hillsong:

“Sim, ele estava indo na minha igreja, foi assim que o encontrei.“ 

Sobre as igrejas City Church e Hillsong:

City Church é tipo onde eu levaria alguém que nunca foi na igreja antes, porque é mais um estudo da Bíblia do que um serviço da igreja, é mais relaxante. E acho que às vezes ir direto para os serviços da Hillsong pode ser muito para alguém.” Hailey quando perguntada sobre como é a City Church
“É intenso, é barulhento e é na sua cara. Mas eu acho — não é para todo mundo, não é fácil. Mas eu conheço as pessoas que comandam lá muito bem, eles se tornaram como minha família, então é por isso que eu escolhi ir para a Hillsong — Eu vou para a City Church, sim.”
City Church é Judah Smith, que é incrível. Ele e sua esposa que comandam lá. E eles são da igreja em Seattle. Carl [Lentz] é Hillsong e eles são melhores amigos, então todo mundo é tipo interconectado. Todo aquele círculo de pastor, eles são todos amigos. Então eu tipo conheço todos.”

A entrevista segue com a Hailey falando sobre no que está trabalhando atualmente e seus objetivos na carreira:

“Bom, eu terminei a segunda temporada do programa que eu estive fazendo chamado Drop The Mic e… apenas a mesma coisa. Fazendo shoots e tentando marcar mais coisas da lista de objetivos. E é isso.” sobre o que está trabalhando atualmente para o The Cut. “Eu não planejo, necessariamente, os objetivos há anos, se isso faz sentido. Então tipo, “Até ano que vem eu tenho que ter feito isso.” acho que faço isso um pouco. Ano passado, eu estava com a esperança que esse ano eu fizesse minha primeira capa da Vogue, o que aconteceu. Eu tentaria, pelo menos, marcar datas para as coisas, mas eu sinto como se eu fosse acabar desapontada se não acontecesse.”

Sobre os planos para o verão:

“Eu apenas viajarei um pouco. É o momento que tenho um pouco de tempo livre, o que é ótimo e eu passarei esse tempo com minha família e amigos e irei passear um pouco” Hailey continua “Eu nunca realmente tenho um plano de o que farei quando eu estou viajando para algum lugar. Eu apenas vou para lugares e vejo onde meus amigos estarão.”
Fonte: The Cut