Hailey Baldwin estampa capa da Vogue Japão de Setembro 2018
08.08.2018

Hailey Baldwin está estampando a capa da Vogue Japão de Setembro, que é considerada a edição mais importante para o mundo da moda, onde as revistas costumam ser mais elaboradas neste mês: a quantidade de páginas triplica, podendo chegar até mil. Além disso, em setembro os editoriais dão oficialmente adeus ao verão no hemisfério norte e começam a se preparar para o inverno. Há quem diga que a edição de setembro é o segundo maior momento da moda durante o ano, perdendo somente para o Fashion Week, principalmente por causa da quantidade de vendas e anunciantes, e, consequentemente, dos lucros que geram.

A modelo posou para as lentes dos irmãos Morelli em um fundo totalmente branco ostentando um longo cabelo loiro platinado usando itens chamativos com estampa de oncinha de grifes como Burberry, Tom Ford e Dolce & Gabbana dando uma aparência de uma It-girl dos anos 80. Hailey também concedeu uma breve entrevista onde falou sobre seu começo de carreira, um pouco mais de sua religião e também o que espera para o seu futuro, confira a matéria completa e traduzida abaixo:

“É surpreendente quando as pessoas ficam surpresas por você ser um tipo genuíno de garota vulnerável?”, Hailey Baldwin, parte de uma família famosa de Hollywood, encolhe os ombros. “Eu sou de uma pequena cidade de Nova York e, na verdade, eu sou uma pessoa muito simples, eu quero ser sempre fiel ao meu passado, mas agora acho que tenho uma carreira importante, então eu deveria fazer isso. Quando eu comecei com 12 anos, eu não tinha ideia do que estava fazendo e não tinha certeza sobre o tipo de industria eu estava prestes a entrar, e foram 2 anos depois disso que eu fundei minha base…”, Hailey Baldwin diz sobre o início de sua carreira.

“É estressante e fora da realidade e parece duas coisas diferentes, como o mundo vê isso e como de fato é. É como dizer que o mundo pode estar dentro da nossa vida amorosa, mas quando o tempo passa e você se torna um adulto, você aprende a lidar com esse tipo de coisa.”diz Baldwin sobre a vida pública e amorosa. “Esse mundo é muito intrometido, é estranho, eles irão te conectar com uma pessoa, é uma tendencia estranha. Além disso, as pessoas não deveriam ligar se estou namorando alguém ou se é apenas um conhecido. Eu não me importo se estou fazendo algo que está distraindo os outros”. Sobre seu relacionamento com Justin Bieber, ela disse que eles estavam “se dando bem”, lembrando que a entrevista foi feita em Fevereiro desse ano.

“Eu também sou um ser humano, eu, às vezes, vejo comentários que podem me machucar profundamente, mas tento ignorar, mas tem momentos que é tarde demais. É comum para mim me culpar por deixar os outros mexerem comigo com palavras frias contra mim… Mas você não pode sempre acreditar em tudo que lê”, diz Hailey sobre os comentários maldosos nas redes sociais. “Eu tento dizer a eles que o que estão dizendo está errado. Mas, o que eu realmente procuro não é validação ou aprovação de alguém que nunca me conheceu na vida real e está se escondendo atrás de uma tela de computador. Eu quero fazer tudo que estou fazendo porque acredito que minha família está orgulhosa de mim”.

“Sem Deus eu não existiria mais. Eu vou à Igreja desde que eu era pequena e minha fé é parte da minha vida, eu não existiria sem Deus. É a fundação que apoia o jeito que sou”, Hailey Baldwin falando sobre sua religião e o cristianismo.  “Meu mundo espiritual diante a espiritualidade e religião das outras pessoas é o que eu acredito, e isso não se aplica necessariamente aos outros. Respeito e respeitosamente ouço as opiniões e as razões de outras pessoas, porque eu sei que minhas crenças são para mim mesma”, ela continua.

“É uma inspiração para a moda e cultura, apoiando a cultura jovem underground como… um gênero desafiador. Recentemente, eu visitei Tóquio com meus amigos. Eu tive um ótimo tempo. Eu estou fascinada pela tradição Japonesa, kimonos e pratos deliciosos… então, eu comprei algumas coisas vintages.” Hailey Baldwin sobre o Japão e sua recente visita à Tóquio.

A modelo também falou o que ela espera do seu futuro, “Eu gostaria de trabalhar com o cineasta Wess Anderson. Esse é um dos maiores sonhos da minha vida. Também quero ter minha própria casa um dia”. A revista ressaltou que com a carreira de Hailey estando em uma grande posição como está, ela poderia ter um ego do tamanho do seu sucesso, mas que ela é humilde o suficiente para ser tranquila e discreta

PBBR8~125.jpgPBBR10~111.jpgPBBR5~142.jpg

Tradução do Japonês para Inglês por: @

Tradução & Adaptação para o Português: Portal Baldwin Brasil