Em recente entrevista para Glamour, Hailey Bieber abre o coração e responde sobre ‘estilo de vida perfeito’ nas redes sócias, sobre sofrer por ansiedade e muito mais. Confira a tradução em baixo:

Qual é o sua regra número 1 da fundação?
Menos é mais. Mas eu nem preciso considerar isso quando uso o “Complexion Rescue Hydrating Foundation Stick” porque é tão leve e fácil de usar. Se você quiser colocar mais, você pode, e vai dar cobertura. Eu vou entre colocar com meus dedos quando preciso de menos e com
pincel quando preciso de mais.
Qual foi a melhor dica de maquiagem que você já recebeu?
Aprender o lugar exato de colocar o
iluminador— tipo o lugar certo do seu nariz, um pouco no arco do cupido, nos ossos da bochecha, mas não muito abaixo. É tudo sobre ver como a luz aparece. Eu sou uma grande fã de iluminadores. Eu também amo truques como usar o blush nos seus lábios, batom na bochecha, ou gloss nas pálpebras. Isso na verdade faz uma grande diferença.
Qual a regra de maquiagem que você acha besteira?
Algo que eu sei de fato que é besteira é que usar qualquer maquiagem no seu rosto está ótimo. Ou que usar qualquer coisa que você comprou na loja é OK para seu corpo ou pele. Se não é um produto saudável, geralmente é ruim para você.
Complete o espaço. Eu amo minha pele quando…
Eu amo minha pele quando estou bronzeada, e quando eu estive no sol. Eu apenas me certifico de que estou usando protetor solar.
Você viaja constantemente. Qual cidade ou país dá a você a maior inspiração de beleza?
Para ser sincera, há vários estilos diferentes disso para mim. Tipo, quando eu estou fotografando na Europa, ou em
um set em Paris, Londres ou Milão, ou quando eu estou fazendo desfiles, eu tenho muita inspiração em maquiagem. Mas com beleza em geral, eu me sinto mais inspirada quando estou na praia. Eu me sinto muito bonita nesse ambiente.
Você tem 20 dolares e pode vagar livremente em uma farmácia. O que você compra?
Oh meu Deus, eu sou um pesadelo em farmácias. Eu vou comprar literalmente  qualquer coisa… lenços, hidratante labial, Aguaphor. Eu amo Aquaphor. É uma grande coisa para mim. E eu estou sempre comprando chiclete. Eu geralmente gosto do Dentyne Ice. Oh, e rabicós aveludados! Eu acho que isso é o que de fato deixa meu cabelo mais saudável— usar um rabicó aveludado ao invés de elásticos porque não quebra tanto seu cabelo.
Qual o seu modo favorito de tirar um momento para si mesma?
Eu gosto de tirar uma soneca. Honestamente, eu entendo criancinhas quando tiram uma soneca. Eu estou tipo, Oh, eu entendo. Isso ajuda muito e é bom.  Eu também gosto de tirar um momento, ouvir um pouco de música e relaxar. É tão importante, na minha opinião, encontrar esses momentos para si mesma. Especialmente quando você está rodeada de pessoas o tempo todo.
Não apenas no trabalho, mas quando está em um relacionamento também, e você está com outra pessoa o tempo inteiro. Eu acho que é importante para ambas as partes poder estar tipo “Hey, eu preciso de uma hora pra mim mesma.” Para mim, eu realmente gosto de executar recados. Eu gosto de ter que ir ao mercado ou farmácia. É uma estranha terapia para mim — me ajuda a me sentir normal.
Recentemente, você escreveu no Instagram que “todos os dias é uma batalha de confiança.” O que você faz nesses momentos, quando a confiança é difícil para você?
Eu sou uma pessoa muito enraizada no Cristianismo e na fé. E para mim a base da confiança vem através disso. Vem através de Deus e através de quem eu acredito que me criou. Então, você sabe, para cada si mesmo. Eu sei que não é todo mundo que acredita no que eu acredito. Mas deixando isso de lado, eu acho que precisamos alegrar mais nós mesmos.
Como você, pessoalmente, se anima mais?
Eu olho para as pessoas na minha vida. Eu olho para o relacionamento que tenho. Eu olho para, tipo, as coisas que são positivas e tento me lembrar disso. Como, eu amo meus pais. Eu tenho ótimos amigos. Eu tenho um marido incrível. Todo mundo tem coisas ruins em suas vidas — não importa quem você é e o que está acontecendo. Há sempre coisas que irão te incomodar, ou que você luta, que nunca irão embora. E ao invés de focar nessas coisas, eu tento inverter os pensamentos e focar nas outras coisas. Como, eu sei que estou em um bom lugar na minha vida. Minha família me ama. Você precisa inverter o pensamento.
Como você se esforça para fazer essa inversão?
Eu gosto de meditar. Eu li um livro há um ano e meio quando eu estava lutando contra uma ansiedade horrível — muito, muito ruim. Eu não conseguia dormir. Eu estava apenas passando o tempo, e eu li um livro chamado “Mindsight”. Foi escrito por esse doutor chamado Daniel Siegel, e ele ensina esse tipo de meditação. Não é espiritual, não precisa ser religioso. Não é nada religioso, na verdade. É mais como uma meditação do funcionamento do corpo. É tudo sobre saber que você não precisa ser comandado pelos seus pensamentos. Você pode ter controle e inverter seus pensamentos.
Você precisa se fazer perguntas como, ‘Essa é realmente a verdade?’ ou ‘Eu realmente acredito que isso é a verdade absoluta?’ e contra o que você pensa. Eu descobri que você pode resolver várias coisas através da meditação e terapia de auto ajuda. Eu sou muito aberta sobre isso. Eu acredito fortemente em terapia, meditação e fé — acreditar em algo. Essa é sempre a resposta para mim antes de qualquer outra coisa.
Esse é um ótimo conselho.
Eu admiro pessoas vindo e falando sobre [ansiedade]. Nós todos lutamos com isso. Eu acho que teve um estigma ao redor disso por tanto tempo. As pessoas olham para celebridades que são famosas ou com sucesso e acham que elas tem tudo certo. Como, eles tem uma carreira insana, ou que fazem muito dinheiro, que eles devem ser felizes. Mas é realmente meio que o oposto.
Houve um tempo na indústria que era negativo falar sobre esse tipo de coisa. Ninguém queria falar sobre o que estava realmente acontecendo, e todo mundo sentia que havia essa pressão para manter a fachada — ou pressão para continuar esse estilo de vida perfeito e fazer tudo parecer ótimo pelo lado de fora. [Todos diriam] ‘Oh, nós estamos muito felizes. Eu estou muito feliz. Estou ótima’, quando Oh, we’re really happy. I’m really happy. I’m doing fine,” quando na verdade você estava desmoronando por dentro.
E eu acho que eu costumava fazer um
pouco disso também. As pessoas me perguntavam, “Como você está?” e eu estava tipo, “eu estou bem; eu estou ótima”. Mas na realidade eu estaria chorando no meu quarto de hotel a noite toda. Você precisa ser honesta que a vida é uma droga, às vezes. É difícil. As coisas são difíceis. Acho que quanto mais somos abertos sobre isso, mais podemos ajudar as pessoas a acharem soluções.
Tantos homens e mulheres tem seu pico de ansiedade entre 18 e 25 anos, e então você coloca mídia social, pressão do trabalho, pressão da escola no topo disso, você sabe, é difícil.
Seu ponto sobre mídia social é tão verdadeiro, especialmente quando relacionado a imagem própria. Se você pudesse mudar uma coisa sobre percepção de beleza na mídia social, qual seria?
Primeiro de tudo, eu diria a todo mundo que muitas pessoas não aparentam realmente como nas mídias sociais. Porque você verá tantas pessoas e estará tipo, Você é tão bonita, oh meu Deus. Mas, depois, você vai ver pessoalmente, e será tipo, Você ainda é muito linda, apenas não é como você aparenta online. As pessoas estão lá fora sendo enganadas com certeza. É apenas a verdade. Mídia social é tão “Mostre seu melhor, esconda o resto.”
Mas não estou dizendo que é tudo assim. Há tantas pessoas que abraçam sua beleza natural, e não tem medo de mostrarem seus corpos, sardinhas ou olheiras, qualquer coisa que seja. E eu acho que isso é real. Eu acho que é está tudo bem querer ter uma boa aparência. E está tudo bem querer se sentir sexy em uma foto ou postar a foto que você se sente muito bonita nela. Mas também acho que está tudo bem estar tipo, eu não pareço tão bem assim o tempo todo. Tipo, me veja em um mercado — quando meu cabelo está em um coque bagunçado e eu estou usando calça de moletom. Eu não vou estar como eu aparento no meu Instagram, porque esse é o fato.
É legal ver que as celebridades estão agora voltando atrás nessa ideia de parecerem perfeitas o tempo inteiro.
É apenas impossível. Não é possível nem mesmo para o ser humano mais lindo do planeta. Eu queria que mais pessoas jovens entendessem que nos photoshoot, somos nós fazendo nosso trabalho. É como em um filme, não é real — é um set com luz, câmeras e produção. É algo criado. Eu espero que ninguém veja a foto de uma modelo onde elas tem todo esse cabelo e maquiagem, e pense que é assim que elas devem parecer o tempo todo. As pessoas precisam entender o contraste.