Sua recém campanha para a marca H&M está rendendo altos comentários, e com isso, a revista ELLE teve uma breve conversa com nossa modelo via email, onde Hailey contou sobre como ela se inspira na supermodelo alemã Claudia Schiffer, que surgiu na década de 80 e está na lista do Guinness Book como a modelo que fez mais capas de revista, além de estar na 3ª posição na lista publicada pela Models.com das 20 modelos ícones. Baldwin não falou somente sobre Schiffer, mas também comentou sobre sua campanha para H&M, seu tipo de jeans e etc. Confira:

Hailey Baldwin faz sua melhor Claudia Schiffer na campanha “Dias de Jeans”, da H&M

“Ela é uma lenda e seu estilo é sem esforço.”

Se tem uma coisa que modelos sabem, é seu jeans. Isso deveria vir sem surpresa então que H&M escolheu Hailey Baldwin, ela com fama de Insta-model, para estrelar na campanha “Denim Days” da marca que lançou no início da semana.

“Eu tenho sido uma fã da H&M desde que eu consigo me lembrar”– Baldwin disse para ELLE.com via email.
“Isso faz tanto tempo que eu não conseguiria dizer para vocês qual foi a primeira coisa que eu comprei deles. Mas eu lembro de sempre amar os suéteres e claro, os jeans.”

Na campanha, os modelos de Baldwin são uma série de roupas clássicas jeans – mãe jeans e uma camiseta branca, skinnies pretas e jaqueta do exército. Usando do jeito que Baldwin prefere com o estilo que ela usa na vida real. “Eu sempre vou usar skinny jeans, independentemente,” ela escreve sobre seu corte favorito. “Eu não sou fã de jeans flare. Normalmente fico longe deles, a não ser que eles sejam os jeans mais incrivelmente justos.”

Aqui, veja o resto da campanha da modelo, sem dúvidas inspirada por Claudia Schiffer – “Ela é uma lenda e seu estilo é sem esforço. Desde que ela é uma supermodelo icônica, ela fica bem em tudo, especialmente jeans”.

Tradução & Adaptação por Portal Baldwin Brasil.

 

Irmã mais velha de Hailey Baldwin, a também modelo Alaia Baldwin concedeu uma entrevista para o Page Six, onde ela conta detalhes sobre sua vida e também, como ela e Hailey não competiram sobre as questões de moda, pois ambas além de irmãs e muito unidas, ela declara que também são bem diferentes. Confira:

“Modelando [Hailey e eu] não seremos competitivas porque nós somos muito diferentes. E é legal ter alguém para conversar sobre a indústria”

Tradução & Adaptação por Portal Baldwin Brasil

Que Hailey Baldwin AMA produtos para pele, isso todos nós sabemos, e a certeza disso foi sua coleção recentemente lançada para a marca de cosméticos australiana ModelCO, onde inclui diversos produtos para pele, beleza e etc. Em entrevista recente para a Teen Vogue, Hailey admite que um de seus produtos mais radicais em questão de pele é usar um hidratante a base de sangue. Confira entrevista abaixo:

Hailey Baldwin usa hidratante de sangue do Dra. Sturm MC1

Com o aparecimento nas câmeras sendo o foco principal do trabalho deles, isso não vem como uma grande surpresa que os artistas e modelos são sempre os primeiros a testar novos tratamentos de pele e essencialmente nos introduzem aos melhores cuidados para a pele que somos todos obcecados. Isso foi exatamente o que aconteceu quando nós conversamos com Hailey Baldwin sobre sua linha de maquiagem para a ModelCo, e acabamos ficando mais hipnotizados pelos seus cuidados com a pele do que com a suas habilidades com o iluminador.
“Quando eu explico isso para as pessoas, elas acham que eu sou insana”– Hailey nos disse – “[Na minha pele] eu uso uma variedade de produtos pela dermatologista Barbara Sturm“, ela continuou, o que pareceu bastante normal para nós. Porém, à partir daqui é onde isso fica louco. “Ela tirou sangue do meu braço e botou em uma máquina que gira e separa o plasma do seu sangue antes de botar isso em uma loção para a sua pele”– Hailey disse. Espera, o que?

Igualmente intrigadas e assustadas, nós, obviamente, tivemos que investigar mais, o que nos levou a própria Dra. Sturm  — criadora do creme MC1 que Hailey descreveu para nós e pioneira no tratamento facial de vampiro que você deve lembrar que Kim Kardashian fez ser popular há alguns anos.

Durante as pesquisas, a doutora concluiu que as células do sangue possuem proteínas que o próprio corpo produz que melhora e ajuda a pele. Alguns dos benefícios incluem: redução do tamanho dos póros e quebra de espinhas e é indicado para quem tem psoríase – doença de pele bastante comum, que se caracteriza por lesões avermelhadas e descamativas, normalmente em placas.

 

Fonte: Teen Vogue

Tradução & Adaptação por Portal Baldwin Brasil