Pela terceira vez, Hailey Baldwin é capa da revista Harper’s Baazar, desta vez pela Turquia na edição de fevereiro. Fotografada por Matallana, vestida por Sarah Gore Reeves, maquiagem de Eric Polito e cabelo por Keith Carpenter, a modelo além de realizar um shoot, concedeu uma entrevista profunda e reveladora, onde fala sobre relacionamentos, família e igreja. Confira as fotos e matéria logo abaixo:

Hailey Baldwin tornou-se uma modelo conhecida em todo o mundo ao longo do ano passado. Enquanto Hailey tinha apenas 20 anos, ela foi capa de muitas revistas assim como suas amigas próximas Kendall Jenner, Gigi, e Bella Hadid. E ela passou por etapas semelhantes para verificar esta identidade popular com seus 9 milhões de seguidores no Instagram. Mas ser famosa não é novo pra Hailey.

O pai da Hailey, que nasceu como um membro de uma família de artistas, é o ator, produtor e escritor mais novo do programa que atingiu Hollywood nos anos 90: Stephen Baldwin. O tio dela é Alec Baldwin, a quem conhecemos muito bem. Então isso estava elaborado desde o início do futuro para Hailey; “Para mim, o conceito ‘famoso’ era bastante normal. Apesar disso, eu tive uma infância normal pelo menos e eu acho que isso é muito útil pelo que eu faço agora. Eu me sinto mais preparada.”

Hailey nasceu em Nyack, uma zona calma com 30 minutos de distância de Manhattan, e obteve uma educação especial em casa ao invés de ir para escola. Ela também estudou um balé bem rigoroso e, como ela mesmo mencionou, aprendeu como agir e disciplinar nessas aulas. O “espírito da grande família” sempre dominou a casa dos Baldwin e essa situação nunca mudou; “Apesar de nossas diferentes opiniões, nós somos bem compreensivos uns com os outros. O primeiro lugar que aprendemos a solucionar os problemas é em nossa casa. Quando você se casa, você não pode parar de falar com o outro só porque você não partilha as mesmas ideias da outra pessoa. Então você não pode se irritar com seus pais e excluí-los de sua vida. A coisa mais importante a se fazer é vocês ficarem juntos e saber como se comunicar. Para dizer a verdade, se minha família não estivesse comigo, eu não seria capaz de fazer meu trabalho no momento.”

A religião também é muito importante na casa dos Baldwin. Após os ataques de 11 de setembro de 2001 em Nova York, seu pai deixou claro que ele era um cristão e Hailey estava compartilhando citações da Bíblia nas mídias sociais com frequência; “Eu vou a uma igreja independente que não tem nenhum adjetivo. Percebemos isso como uma experiência e um relacionamento pessoal com Deus. Para nós, a religião não é regras estritas que devem ser rigorosamente observadas.” Esta experiência é uma prioridade na vida da jovem modelo: “A igreja é muito importante para mim, eu não posso ir sempre, por isso às vezes eu ouço o culto de casa, eu quero criar meus próprios filhos assim”.

Sou muito seletiva em relacionamentos emocionais. “Se a pessoa que estou não quer ir a igreja comigo e ele não é um crente, eu acho que nossa relação vai falhar em algum momento”. Baldwin prefere manter sua vida privada longe dos holofotes, já que a cerca de alguns meses atrás, ela tinha rumores de um relacionamento com Justin Bieber“Eu aprendi como é importante manter uma vida pessoal privada, eu acho que estou indo muito bem com isso.”

Hailey, que compartilhou suas fotografias no Snapchat e construiu um trono no coração de seus seguidores, é uma pessoa que não consegue viver sem seu telefone; “Eu vou ser honesta, eu estou frequentemente entediada, então muitas vezes eu faço novos compartilhamentos.” Apesar disso, ela demostra o esforço que tem de ficar longe do telefone de hora a hora: “Quando comemos com meus amigos, nós deixamos nossos celulares no meio da mesa e realmente tentamos conversar.”

A razão que a conta do Instagram da Hailey tem tantos seguidores é que depende de uma certa perspectiva, “Acho que a mídia social não deve ser usada como uma plataforma para o sucesso. Tal que o dinheiro não deve intervir em suas ações. Eu acho que a razão a qual as pessoas continuam me seguindo é que eu estou sendo eu mesma. Não tenho um problema com ser normal, eu realmente não tento fazer isso parecer comum “.

Até agora, Hailey vem sendo bem sucedida na indústria. Após anunciar seu contrato com a agência IMG, ela começou a trabalhar com marcas tal como Tommy Hilfiger, Karl Lagerfeld, Guess e Topshop.
Após uma campanha de calçados com a marca britânica Public Desire, ela virou o rosto da campanha da marca de maquiagem australiana ModelCo, que vendeu os produtos dentro de 24 horas.

Durante a época da primavera/verão 2017, Dolce Gabbana, Elie Saab e Jeremy Scott foram provados que ela anda solidamente nos palcos do mundo da moda. Ela vai continuar sua vida com o título empreendedor por provar sua identidade de modelo; “Se eu continuar a trabalhar como está agora e se eu conseguir transferir todas essas economias a um trabalho, eu consigo ao menos alcançar meu sonho de empreendedorismo dentro dos próximos cinco anos.”

Hailey não quer ajuda de ninguém para realizar esse sonho; “Eu sou muito independente .Estive sozinha nesta cidade desde que eu tinha 17 anos. Eu não gosto de estar apegada a alguém, então eu pago todas as minhas despesas. Minha família não tem contribuído financeiramente para me ajudar”.

ENSAIOS FOTOGRÁFICOS | PHOTOSHOOT

unnamed_28129.jpg unnamed_28329.jpg unnamed_28429.jpg unnamed_28529.jpg unnamed.jpg

SCANS | MAGAZINE SCANS

unnamed_28629.jpg unnamed_28129~0.jpg unnamed_28229~0.jpg unnamed_28629.jpg unnamed_28129~0.jpg