A revista neozelandesa Remix Magazine está em Abril deste ano lançando sua edição especial de aniversário de 20 anos, e eles não poderiam escolher melhor pessoa para estampar a revista – Hailey Baldwin, a modelo de 20 anos – que curiosamente, tem mesma idade da revista -, foi a escolhida e na última quarta-feira, 22 de março, foram liberadas as fotos, tirada pelas lentes do profissional fotógrafo Cameron McCool e sua equipe, incluindo maquiagem de Robert Sesnek, cabelo de Frankie Foye e estilizado por Chloe Hartstein. Em entrevista, a modelo conversou com o diretor criativo da revista, Steven Fernandez, e contou tudo sobre como foi sua experiência na Austrália, sobre sua linha de maquiagem, Guess, família, futuro e diversas outras coisas. Confira tudo abaixo:

PHOTOSHOOT

015~2.jpg 017~2.jpg 018~2.jpg 020~2.jpg 022~1.jpg

SCANS

001~6.jpg 007~4.jpg 011~6.jpg 012~4.jpg 008~3.jpg

A mais gata do mundo, de 20 anos, Hailey Baldwin.
Para celebrar o aniversário de 20 anos da Remix, o editor Steven Fernandez sentou com a mais gata de 20 anos do mundo – Hailey Baldwin.
A filha e sobrinha da realeza de Hollywood nos conta sobre fama e moda em sua primeiríssima entrevista na Nova Zelândia
RM: Você recentemente estava na Australia, certo? Você gostou de lá?
HB: Sim. Eu estava super cansada da viagem porque é bem longe, mas eu me diverti muito. Fotografei para diferentes trabalhos enquanto estava lá. As coisas com a ModelCo estão ótimas; a equipe é ótima e eles fizeram questão de ter certeza que eu estava confortável com tudo. Eles ouviram tudo que eu pedi, no quesito colaboração. Basicamente tudo que eu disse que queria fazer ou mudar nas maquiagens eles estavam abertos e ouviram. Foi lançado exatamente como eu havia imaginado.
RM: Me conte um pouco mais sobre isso. Que tipo de produtos estão na linha? O que na ModelCo te chamou mais atenção no início?
HB: Eu já conhecia os produtos antes e era fã das coisas deles. Minha linha foi basicamente com coisas que eu pessoalmente uso. Nós não fizemos produtos para a pele porque não são coisas que eu uso no meu dia a dia. Teve muito sobre iluminadores, produtos para os lábios, nós fizemos um kit para as sobrancelhas, porque eu sempre gosto de uma sobrancelha bonita, fizemos produtos de contorno, máscara de cílios…
RM: Me conte sobre a campanha de aniversário de 35 anos da Guess. Como foi trabalhar com uma marca tão icônica?
HB: Foi estranho para mim porque, para todas as campanhas da Guess existem pessoas que já fizeram isto antes, e são pessoas que eu realmente admiro, como a Claudia Schiffer. Ela é muito grande para mim e é alguém que eu considero um clássico e nunca deixará de ser. Até a Gigi [Hadid], que já fez isso antes – ela é minha amiga mas é alguém que eu admiro e me inspiro nos trabalhos que ela já fez. Eu realmente amei fazer isso. Eu fiz ao todo quatro campanhas com eles eu acho e eu amo a família Marciano. Eles são ótimos.
RM: Qual a sua marca de roupas preferida ou qual seu designer de moda preferido e por quê?
HB: Eu sou uma grande fã da Chanel, Saint Laurent. Eu também sou muito, muito fã da Balenciaga, Demna Gvasalia e Vetements. Eu uso muito Balenciaga. Eu tenho um arquivo da Vetements, então em tipo 10 anos eu quero poder olhar e redescobrir todas essas peças super legais. Eu também uso muito Faith Connection, David Coma, Ellie Saab. Estou pensando em termos de Tapetes Vermelho e minhas roupas pessoais.
RM: Então você nunca foi para Nova Zelândia?
HB: Nunca.
RM: Nós vamos te levar lá. O que você sabe sobre a Nova Zelândia? O que você já ouviu?
HB: Para ser sincera eu não sei muito. Eu sei que vocês fazem Bungee Jump.
RM: Sim. Você vai deixar a gente te jogar de um prédio?
HB: Claro.
RM: De um prédio ou uma ponte? Ou os dois?
HB: Os dois. O que for mais alto. Tem também uma coreógrafa incrível, Parris Goebel, que veio da Nova Zelândia. Ela é ótima. Eu sou uma grande fã, e ela é super fofa.
RM: Ela fez seu primeiro ensaio fotográfico com remix alguns anos atrás.
HB: Sério? É, ela é incrível.
RM: Este é o aniversario de 20 anos da revista, o que para nós aqui na Nova Zelândia é uma vida inteira, então temos falado sobre momentos importantes para nós. Quando você olha para trás na sua carreira, que ja é de um enorme sucesso, o que você diria que foram seus momentos mais grandiosos?
HB: Acho que a primeira vez que eu trabalhei com o Karl Lagerfeld é algo que eu nunca vou esquecer. Meu primeiro Met Ball, fotografando com Patrick Demarchelier, que foi a primeira vez que eu estive na Vogue Italia.Teve alguns momentos que eu tive que tipo, prestar muita atenção.
RM: Você tem uma agenda louca, mas quando você não está trabalhando o que você faz? Quais são seus hobbies?
HB: Eu tenho que ter certeza que quando eu tenho um tempo de folga, eu realmente tiro folga, porque eu fico muito distraída com meus amigos e querendo sair, querendo ir jantar fora, e fazer isso e aquilo, então eu acabo não dormindo o tempo que eu deveria e volto pro avião cansada. Eu gosto de relaxar e ficar com meus amigos. Sou uma garota da Costa Leste. Gosto de fazer minhas coisas em casa porque eu nunca tenho tempo de fazê-las.
RM: Você é tranquila? Tipo uma daquelas pessoas que é feliz fazendo pequenos trabalhos e cuidando da casa?
HB: Sim! Eu estava fazendo isso noite passada, na verdade. Eu estou tentando ler mais. Tirar um tempo para ler um livro, porque acho que isso é importante.
RM: E quanto a cozinhar? Voce é uma boa cozinheira? Tem um prato especifico?
HB: Eu não sou mesmo uma má cozinheira!
RM: Se eu estivesse indo jantar na sua casa e você estivesse tentando fazer um prato que eu iria amar. O que você faria?
HB: Se eu tivesse que cozinhar para alguém pela primeira vez eu iria fazer algo mais simples, tipo massa. Meus amigos amam a minha massa. Eu faço massa com frango ou lasanha. Minha mãe é do Brasil então eu iria pedir uns conselhos à ela, mas eu provavelmente posso cozinhar uns pratos brasileiros também.
RM: Você acha que ter vindo de uma família de astros preparou você para sua carreira como modelo? Ou você ainda esta aprendendo ao longo dos anos?
HB: Eu acho que você aprende porque agora a atenção está mais em mim sozinha, mas eu estou acostumada. Acho que definitivamente vir da familia que eu vim me acostumou à isso e me deixou preparada. Eu comecei tarde nesta vida, o que na verdade eu gosto porque eu pude ter uma infância e adolescência normal até os meus 18 anos.
RM: E também pelo seu pai ser quem é, seu tio ser quem é, toda sua familia ser quem são, eles mostram ética então você sabe o que esperar.
HB: Sim, com certeza. Eu posso falar com qualquer um dos meus tios e meu pai sobre qualquer coisa. Eu posso ligar para o meu tio [Alec Baldwin] e dizer “ei, eu preciso da sua ajuda, ou, eu preciso falar com você sobre algo, e ele me dará seu conselho ou opinião e me dizer se ele já passou pela mesma coisa. É legal. Eu gosto disso.
RM: Você seguiria os passos dele nesse ramo mais de atuação?
HB: Acho que eventualmente. Acho que tem que ser o projeto certo e a coisa certa. Acho que seria uma pena se ninguém na nossa família, nenhuma das crianças, decidisse carregar isso, porque é uma família inteira. E considerando tudo isso, eu não sou uma má atriz.
RM: Há rumores que você fez uma participação em Ocean’s Eight. O que você pode me contar?
HB: É verdade. Eu faço uma participação em Ocean’s Eight. Vai ser bem engraçado. O diretor, Gary Ross, é muito, muito bom. Eu sou fã do seu trabalho e ele criou várias cenas – cenas que não estavam no texto, ele só foi inventando alguns novos cenários. Eu fiz uma cena com a Olivia Munn e com a Maria Sharapova. Eu não sei se vai sair no corte final, mas eles estavam basicamente recriando uma cena no Met Ball.
RM: Considerando esse aniversário de 20 anos e o fato de que você tem 20 anos de idade, quando você olha para os próximos 20 anos, onde você se vê? Quais os tipos de coisas que você gostaria de alcançar nos próximos 20 anos?
HB: 20 anos é muito tempo! Sua revista está por aí pela mesma quantidade de anos que eu estou viva. Existem coisas sobre a minha carreira que eu definitivamente quero conquistar, e acho que vou, talvez nos próximos 5 anos. 20 anos é muito tempo para se pensar, mas até lá eu quero estar casada e com alguns filhos, criando a minha familia.
RM: Ainda em Nova York?
HB: Eu não sei. Eu não acho que vá estar em LA, mas talvez fora de Nova York. Em 20 anos eu vou ter 40 então…
RM: Você nunca sabe. Você pode amar a Nova Zelândia. Você poderia até vir morar aqui.
HB: Que saber? Você nunca sabe. Mas definitivamente terão algumas crianças nessa visão. Eu quero ser mãe jovem, então com 40 eu quero ser mãe de adolescentes já.

Tradução & Adaptação por Portal Baldwin Brasil