Hailey Bieber é o novo rosto da capa da edição especial da Forbes30 Under 30‘. Além de posar para fotos por Tim Tadder, Bieber também concedeu uma entrevista exclusiva para revista. Confira: 

A supermodelo emprestou sua imagem para marcas como Jimmy Choo, Levi’s e Saint Laurent. Agora ela está assumindo o controle de seu nome e de seu futuro com a Rhode Skin, uma empresa de cuidados com a pele com uma lista de espera que atraiu um total de 700.000 pessoas.

Hailey Bieber, supermodelo e autoproclamada “viciada em cuidados com a pele”, tem acesso aos cosméticos mais exclusivos do mundo. Mas, nos últimos dois anos, os produtos que ela provavelmente guardou em sua bolsa são amostras sem glamour e sem marcas que, na maior parte desse tempo, não estavam disponíveis ao público.

“Quando fico sem meu Peptide Glazing Fluid, minha pele sente falta”,disse Bieber à Forbes. “Foi assim que percebi que era um produto sólido, porque quando fico sem minhas amostras, minha pele não parece a mesma sem elas.”

Em junho, depois de muita expectativa de seus mais de 60 milhões de seguidores nas redes sociais e de blogs de beleza na web, Bieber revelou o que eram essas amostras não marcadas: hidratantes para a pele e géis labiais da Rhode Skin, empresa de cuidados com a pele que Bieber fundou em 2020.

A demanda para Rhode superou rapidamente as expectativas de Bieber – e os estoques de suprimentos. Desde o lançamento, atraiu uma lista de espera de 700.000 pessoas para os três produtos (além do glazing fluid e do tratamento labial, a Rhode vende um creme que ajuda a hidratar a camada mais externa da pele). Seu estoque mais recente viu mercadorias saindo das prateleiras figurativas a uma taxa de 36 unidades por segundo. A receita de Rhode em 2022 está “no caminho” para atingir oito dígitos, disse Bieber, mas se recusou a fornecer detalhes.

Para Bieber, de 26 anos, o salto de modelo para magnata foi uma evolução natural e um novo capítulo inesperadamente emocionante. Quando criança, ela treinou como dançarina de balé, cresceu vendo sua mãe e avó administrarem cuidadosamente seus próprios regimes de cuidados com a pele e começou a modelar aos 17 anos. Quando ela tinha 18 anos, Ralph Lauren a recrutou para uma campanha publicitária de verão, e nos últimos oito anos ela conseguiu contratos de patrocínio com Jimmy Choo, Tommy Hilfiger, Saint Laurent e dezenas de outros favoritos da alta moda. Depois de anos emprestando sua imagem para marcas de outras pessoas, e depois que a pandemia fechou as passarelas e deu a Bieber tempo livre suficiente para pensar em objetivos de longo prazo, ela percebeu que queria ir além de um acordo de licenciamento normal.

“Eu emprestei dinheiro, meu nome e meu rosto para o processo criativo de outras pessoas”, disse Bieber à platéia na Forbes Under 30 Summit em outubro em Detroit. “Acho que isso realmente me ajudou a desenvolver o meu de várias maneiras. É muito empoderador ser aquela que está no comando.”

Isso não quer dizer que Bieber não teve receios ao entrar no mundo do empreendedorismo. Apesar de seu sucesso como modelo e a reputação de ter uma pele de morrer, Bieber admite que lutou com várias dúvidas. Uma das coisas com as quais ela mais se preocupava antes de lançar Rhode era se alguém se importaria.

“O que passava na minha mente era o medo de não ser levada muito a sério”, disse ela. “Alguém me levaria a sério, como fundadora, como empreendedora?”

É uma insegurança que soará familiar para qualquer pessoa que já trocou de setor ou iniciou um negócio depois de uma carreira dedicada a outra coisa. Mas Bieber existe sob uma lente de aumento particularmente impiedosa: por nascimento uma Baldwin (sim, aquela família Baldwin) e por conta do casamento com Bieber (o cantor Justin), ela foi alvo de uma quantidade estúpida de ódio online, e até antes que ela decidisse criar um canal no Youtube durante a pandemia, ela era relutante com os aspectos de se envolver com a imprensa. Ela não é apenas uma celebridade começando uma marca de produtos para a pele. Ela é uma supermodelo, super observada que teria justificado a escolha de se manter segura em sua mansão de US$ 25 milhões na Califórnia para evitar mais bullying online.

“É uma grande aposta”, diz Michael Ratner, ex-aluno da Forbes Under 30, criador da OBB Media e sócio fundador da Rhode. “Quando você é a Hailey, você pode ser o rosto de uma marca. Você poderia continuar sem risco e colocar esse dinheiro no bolso.” Mas, disse Ratner, Rhode não é nenhum caso de celebridade para Bieber. É um verdadeiro chamado. Ela começou a cuidar da pele”, disse ele, “porque esse é seu primeiro amor de verdade”.

Ratner é um dos vários especialistas que Bieber recrutou para ajudar a construir Rhode. Ela pediu a Ron Robinson, um químico cosmético com três décadas de experiência trabalhando com Clinique, La Mer, Revlon e sua própria marca, Beautystat, para ajudar a misturar as fórmulas de Rhode. Ela também contratou Lauren Ratner, outra ex-aluna da Forbes Under 30 e ex-diretora de marca da Reformation, para administrar o marketing. (Ratner e Ratner são casados.)

Os colegas descrevem Bieber como infinitamente curiosa e nem um pouco pretensiosa sobre o que ela não sabe. “Ela está constantemente fazendo perguntas”, disse Lauren Ratner à Forbes. “No processo de desenvolvimento do produto, havia muitas perguntas noturnas sobre novos ingredientes: ‘Vamos ver a mucina de caracol. Já consideramos isso ou mucina de caracol vegana? ‘foi uma pergunta divertida.(Para os não iniciados, a mucina de caracol é o muco dos caracóis que hidrata a pele e, em alguns casos, elimina linhas finas.)

Ela quer fazer da maneira certa e realmente construir a equipe”, disse Michael Ratner. Ele disse que Bieber era “firme” em sua visão de ter uma empresa de cuidados com a pele de propriedade e financiada por mulheres. “Acho que ela queria propriedade real”, disse ele. “Ela colocou uma boa quantia de dinheiro para apoiar isso e para mostrar às pessoas que ela era séria e estava totalmente envolvida nisso.” (Rhode se recusou a comentar exatamente quanto dinheiro Bieber investiu.)

Para Bieber, fazer isso “do jeito certo” significou assumir uma postura intransigente no desenvolvimento de produtos. Ela, os Ratners e Robinson descrevem o processo de aprovação do peptide skin glaze de Rhode como uma jornada de 17 etapas de iteração e reformulação até que o produto finalmente atendesse aos seus padrões.

Acho que seria muito fácil para mim aprovar algo que é 95% perfeito e ficar bem com o 95, em vez de esperar que seja 100%”, disse Bieber. “O que estou aprendendo é que a qualidade desta marca é muito, muito importante para mim.”

Tão importante quanto: o preço. Cada um dos três produtos Rhode custa menos de US$30 porque Bieber acredita que as pessoas não precisam pagar mais para ter uma pele bonita.

Ao pensar em como chamar a empresa, pode ter sido mais fácil para Bieber capitalizar seus dois nomes famosos. Em vez disso, Bieber usou seu nome do meio menos conhecido: Rhode, que foi passado para ela pelo lado da família de sua mãe.

“Soava tão forte e bonito por conta própria”, disse Bieber.

Seu sonho, ela disse, é construir uma marca que ainda esteja por aí em 20, 30 ou até 40 anos e que os consumidores do futuro comprem Rhode por causa do que ele faz por sua pele, não por quem é a fundadora.

“Acho que seria realmente incrível”, disse Bieber, “se as pessoas simplesmente amassem a marca porque amam o produto”.

Fonte: Forbes

Categorias: Entrevistas
Todos os direitos reservados - portal baldwin brasil © 2022
Desenvolvido por Maria Nunes & uni design