16 de junho de 2022
Post publicado por Vitoria Dabus

E chuva de conteúdos, informações e novidades durante o primeiro dia de lançamento da Rhode Skin. Hailey, que finalmente trouxe os seus planos do papel à tona para o público, com produtos impecáveis e um site de tirar o fôlego, nós surpreendeu com a surra de matérias e trabalhos que teve ao longo dos meses. Entre eles, essa entrevista concedia a People que já traduzimos tudinho para vocês. Confira a seguir:

A primeira marca de cuidados com a pele de Bieber, Rhode, foi lançada na quarta-feira com produtos com curadoria e acessíveis, voltados para proteger a barreira da pele: “Eu queria que fosse acessível e atingível para todos”.

Hailey Bieber sabe o que você está pensando – uma celebridade com uma linha de cuidados com a pele, inovador. Mas a supermodelo multi-hifenizada e formadora de opinião de 25 anos, que cativou a Geração Z no TikTok com sua aparência e franqueza de “glazed-donut”, trabalhou nisso. E ela acredita que há um lugar na mesa para todos.

O caminho da Bieber para Rhode – sua tão esperada incursão no espaço de cuidados com a pele – tem sido longo. Autoproclamada como obsessiva por cuidados com a pele, a modelo diz que “sempre sonhou” em iniciar sua própria linha, mas não levou a sério o planejamento e a concepção até a pandemia – onde arranjou tempo para se encontrar com químicos de cosméticos e dermatologistas, avaliar fórmulas e testaramostras com a família e amigos.

“O que diferencia Rhode é que estamos lançando uma linha muito curada e condensada de itens essenciais – nossa filosofia é tornar tudo realmente bom”, disse Bieber à PEOPLE durante uma recente entrevista íntima no Brooklyn, Nova York. “Para mim, isso abrange todas as coisas da minha vida – desde beleza a como arrumo meu guarda-roupa. É como aquele jeans muito bom que você está sempre procurando. Aquele blazer muito bom que você continua comprando. É assim que eu olho para os cuidados com a pele também. Aquele hidratante realmente bom que você sempre procura. Aquele produto de hidratação realmente ótimo que você continua voltando pra ele. Essas fórmulas são muito intencionais e muito específicas para que possam se tornar os itens essenciais que você continua voltando para procurá-los”.

O lançamento de estreia inclui um trio de produtos – Fluído de peptídeo, creme de restauração da barreira da pele e tratamento com peptídeos para os lábios – ​​todos por menos de 30 dólares e já disponíveis em RhodeSkin.com.

“Foi muito importante para mim, que se eu abrisse o mundo de Rhode todos seriam convidados”, ela diz à PEOPLE. “Todos estão inclusos. Eu queria que fosse acessível e alcançável para todos.”

Abaixo mais sobre o lançamento da Bieber, a sua filosofia de beleza e o que esperar da marca.

  • Você declarou 2022 o ano da pele ‘glazed-donut’ e as mídias sociais explodiram com instruções, memes e elogios. Você ficou surpreendida com todo o amor?

“Acho qualquer influência que eu possa ter sobre qualquer pessoa faz eu me sentir lisonjeada. Sempre que alguém vem até mim e diz: ‘Eu vejo o seu estilo o tempo todo e adoro o seu estilo. Me inspiro muito em você’. Eu ainda fico nervosa. Essa é a melhor parte desse mundo para mim. Não consigo nem acreditar que as pessoas querem ver o que estou fazendo e que se inspiram nisso. Sou muito grata por isso. Acho muito legal e realmente incrível. E eu sinto que estou nisso com eles”.

“E todos nós queremos uma pele hidratada como um ‘glazed donut’. Aqui está apenas o que eu uso para a minha [pele]. E aqui está como eu gosto de fazer para obter [essa pele]. Eu realmente amo a sensação da comunidade que tem disso. Aprendo muito com o TikTok. Eu vejo o que outras pessoas estão usando. Eu fico tipo ‘eu quero tentar isso’. E acho que na verdade é apenas esse grande círculo de apoio, não somos todos guardiões do portão – estamos só compartilhando dicas e truques. E se as pessoas tendem a gravitar mais em direção ao meu, então isso é incrível.”

  • Você consegue se lembrar da última vez que sua pele ficou descontrolada?

“Honestamente, ela fica descontrolada de vez em quando. Especialmente toda vez que tento incorporar o retinol na minha rotina – minha testa realmente tem reação. Tenho 25 anos agora e estou tentando ser preventiva nesta idade daqui para frente, [então] eu acho que vou ter que lidar com o fato de ter que deixar minha pele se acostumar com um produto forte como o retinol. [Mas] o que sempre funciona para mim [agora] é ser consistente com a hidratação, tentando não desidratar ou deixar a pele rachar, mantendo a minha barreira cutânea saudável e protegida, que é a base de toda a primeira gota de Rhode. Trata-se de uma hidratação completa, cuidando e protegendo a sua barreira cutânea.”

  • Você só pode levar um desses produtos na sua mala de verão. Qual seria?

“Provavelmente seria o ‘Peptide Glazing Fluid’. Esse é uma potência sorrateira porque é um soro em gel, mas é hidratante o suficiente graças ao ácido hialurônico, onde em um dia ameno de verão, ele também pode agir como um ótimo hidratante.”

  • Por que incluir um produto de cuidado labial foi importante para você?

“Eu amo que o produto labial é na verdade um tratamento. Colocamos ingredientes reais para cuidados com a pele – peptídeos – no produto porque você não pode esquecer que eles também envelhecem. Então, eu queria que fosse ótimo para antienvelhecimento, mas também hidratação e apenas manter os lábios super protegidos e hidratados. Também adoro usá-lo como gloss. Uso um delineador labial e um de nossos hidratante labial [disponível em três sabores: fatia de melancia, caramelo salgado e sem cheiro], e é isso!”

  • Como sua filosofia de beleza mudou ao longo de sua carreira até agora?

“Minha filosofia de beleza definitivamente evoluiu ao longo dos anos. Me lembro de quando eu tinha 16, 17, até 20 anos e adorava maquiagem mais escura nos olhos e contornos mais pesados. Mas sempre me dediquei a uma pele saudável. E agora aos 25,estou no ponto em que nunca me senti mais bonita, nunca me senti mais sexy, apenas abraçando minha pele, abraçando minha cor natural de cabelo. Eu nem sabia qual era minha cor natural de cabelo por 10 anos porque eu tenho pintado meu cabelo desde os 13 anos. Tem sido uma jornada tão boa de fazer menos e aprender que menos é mais. Percebi que para mim, pessoalmente, olhando fotos de ‘red carpet’, acho que fico mais bonita com menos maquiagem e menos cobertura. Apenas deixando minha pele respirar e abraçando meu lado natural. Há sempre um equilíbrio, é claro, e tenho certeza que minha filosofia continuará evoluindo. Pode ser completamente diferente nos próximos cinco anos – e ainda mais diferente nos cinco anos seguintes. Mas agora, para mim, menos é definitivamente mais.”

  • Podemos esperar lançamento de maquiagem Rhode no futuro?

“Eu adoraria que Rhode evoluísse para outras categorias. Acho que sempre estaremos muito focados na pele, mas nosso plano é evoluir. Mas, novamente, muito denso. O tom de bochecha perfeito. O gel de sobrancelha perfeito. Meu tipo de produtos essenciais que uso diariamente. Haverá potencialmente alguns cuidados com o corpo no futuro. Um dia estarei grávida, e provavelmente vou querer produtos que funcionem naquele momento da minha vida. Haverá evolução com certeza.”

Fonte: People.com
Categorias: Entrevistas

Hailey Bieber é a estrela de mais uma capa. A rainha da beleza veio com tudo esse mês, e estrelou para Vogue Beauty, revista chinesa. A intenção da revista é poder buscar quem possa falar e dar conselhos de cuidados com a beleza. O tema também abrangeu a nova tendência a nostalgias, que vem sendo carregado junto a palavra ‘vintage’, de muito sucesso no mundo fashion ultimamente.

O shoot por tanto para transmitir uma vibe de retrocesso conta com os tons mais escuros, e o preto e branco, realizado pelo fotógrafo Vito Fernicola. E a entrevista dada contando mais sobre os seus processos de beleza e de sua marca Rhode você pode conferir agora a seguir e na íntegra:

Hailey Bieber estava em uma turnê com seu marido, Justin Bieber, no leste do Canadá, quando foi entrevistada por Feilin. Com rabo de cavalo, olhos curvos e meiga sem sorrir, ela está sempre no estilo simples, vestindo uma camiseta branca de manga curta com o retrato estampado de Frank Sinatra, o rei das clássicas canções douradas, “Justin e eu ambos gostamos das músicas antigas do Sinatra. Ele é um clássico atemporal.”

Embora a queridinha das mídias sociais, Hailey Bieber, tenha apenas 25 anos, ela ainda tem muita percepção quando se lembra de sua experiência de crescimento. Papai é uma estrela de Hollywood e sua mãe é uma artista. Hailey é como uma segunda geração de estrela, ela era extraordinariamente colorida quando em sua juventude. Ela gostava de usar o jeans 501 da Old Levi’s do guarda -roupa de seu pai desde que era criança e trouxe isso para si mesma. Ela assistiu a sua mãe usar os produtos da bareMinerals, sendo “a primeira geração de beleza limpa”. Antes da beleza limpa não ter nem sido conhecida por todos e não ser febre, ela já sabe que os ingredientes, e os necessários têm menos ingredientes e importância na saúde da pele.

Em termos de cuidados com a pele e maquiagem, Hailey também defendia bons hábitos simples, naturais, limpos e desenvolvidos. “Minha mãe atribui grande importância ao cuidado da pele e à dieta saudável. Ela sempre escolheu alimentos orgânicos e livres de trigo e me disse repetidamente para proteger minha pele, persistir no exercício e prestar atenção no meu corpo. Esses são basicamente hábitos importantes. Aos 30 anos, ela teve um melasma. Desde então, ela presta mais atenção à proteção solar e tenta não se expor. Até agora, não é possível recuperá-lo ou tê-lo. Então ela me diz para desenvolver um bom hábito de proteção solar. A filosofia natural de cuidados com a pele tem um grande impacto em mim. Não acredito que eu sempre tive bons cuidados com a pele, mas também tento manter uma boa condição de pele. Não preciso jogar botox, tento ser natural. É claro que algumas pessoas pensam que precisam de beleza médica, e está tudo bem.”

Sob a influência de sua mãe, Hailey tomou cuidado com a pele e sempre manteve a maquiagem leve desde a infância. “Lembro-me de quando eu era criança, quando fui para a Sephora, entrava na área de produtos para a pele. Eu tentava isso e aquilo, mas não queria deixar o lugar rapidamente. E eu não gastava muito tempo na área de maquiagem. No máximo, eu podia escovar as sobrancelhas e aplicar um pouco de brilho labial.”

“Então, aos 16 anos fiz um delineado. Eu sempre acredito que o pré-requisito para uma boa maquiagem é a pele limpa e saudável. Quando a base for boa, será naturalmente bonita.”

No entanto, existem diferenças. “Diferentes estilos de vestir, isso é principalmente por causa da lacuna entre a nossa idade”. Além disso: “Minha a mãe é sensível demais para xingar, ela não é possível nem mesmo de exibir um palavrão por acidente. Eles têm uma grande influência sobre mim e em mim, mas meus pais e eu temos muitas visões diferentes em muitos aspectos. Especialmente agora que estou ficando mais velha, tenho meu próprio círculo social e as opiniões são mais maduras e terei mais diferenças com eles em muitas questões. Isso é normal, está tudo bem. A confiança e o apoio deles para mim serão eternos, e isso é o mais importante.”

“Três meses antes dos 18 anos, sai da casa dos meus pais e comecei a morar sozinha. Aos 18 anos, foi um marco para mim. Isso significa que eu tenho a independência econômica a de um adulto”. De fato, ainda é muito jovem. Aos 21 anos, que se torna um adulto de verdade. Além da independência, há um senso de responsabilidade. “E o crescimento traz não apenas um senso de responsabilidade, mas também um senso de gratidão. À medida em que envelheço, percebo cada vez mais que tenho sorte de ter crescido em uma família onde meus pais sempre estiveram juntos.”

Mesmo que às vezes há problemas entre os pais, eles sempre podem se reconciliar. Especialmente agora que ela casada ela sabe. Ela é casada com Justin Bieber, e sabe a importância do relacionamento estável de marido e mulher, o que significa para toda a família e a próxima geração.

“Há uma nostalgia, que tenho saudade. Entender o passado e valorizar mais o presente. Quando somos nostálgicos, também estamos separando e resumindo as vidas do passado para que possamos esclarecer o futuro.” Lembrando-se do passado com aroma. Hoje, Hailey Bieber se tornou a fundadora da marca pessoal da pele ‘Rhode’. A sabedoria da pele herdada de sua mãe continuará em sua carreira.

A fragrância está sempre relacionada à nossa memória. Para a maioria de nós, quando se trata de ouvir uma música, ao comer e provar o sabor da infância e cheirar o aroma na memória com o nariz, abrimos o túnel do tempo em um instante e retornamos na hora. É a época em que não vem de novo. Nos cinco sentidos das pessoas, o nariz é provavelmente a memória mais firme – até o som da chegada do primeiro filho nos acompanhará ao longo de nossas vidas. O cheiro não é apenas a chave para abrir a porta das memórias, mas também a transformação da nostalgia pessoal em uma mágia coletiva, do compartilhamento coletivo. Nesses cheiros que traçam a beleza, existem lembranças preciosas, condensando a alma dos tempos. No aroma, aprendemos a tratar bem o tempo, nostálgico e novo.

Em expansão da skincare crescendo nas mídias sociais, Hailey costumava comprar freneticamente todos os tipos de produtos de cuidados com a pele à base de plantas on-line, populares a clássicos, de conhecidos a desconhecidos, caros a acessíveis… mas ela finalmente descobriu que fórmulas sólidas, ingredientes limpos confiáveis ​​e preços acessíveis são a base mais atraente para recompra contínua. Se essas condições forem atendidas, os produtos de cuidados com a pele podem realmente ser incorporados às rotinas diárias de cuidados com a pele pela manhã e à noite. Por causa disso, Rhode Skin, a marca de cuidados pessoais com a pele que ela criou, não é apenas uma marca de segunda geração de celebridades, mas também ela a classifica como uma “marca de boa qualidade, eficácia, acessível e para ser comprada constantemente para uma pele bonita.” A série diária de cuidados com a pele.

Ao longo dos anos, marcas de celebridades ganharam força na indústria da beleza, como “Fenty Beauty” da cantora Rihanna, “Kylie Skin” da estrela de segunda geração Kylie Jenner, “Kora” da supermodelo Miranda Kerr e a atriz Gwyneth com o tudo incluso “Goop” do reino bonito e saudável estabelecido por S. Paltrow tornou-se líder em seus respectivos campos. A especialista em beleza Anna Vale, especializada em ajudar novas marcas do setor a se firmarem no mercado e reformar marcas antigas para abrir novos mercados, pensa nessa tendência: “Em geral, o surgimento de marcas de celebridades e estrelas mostra que o mercado está totalmente ciente dessa tendência. Demanda e base de defesa. A marca vencedora de verdade é a estrela fundadora com a linha de produtos muito eficazes.”

Em 2020, durante a epidemia, Hailey e sua equipe começaram a se preparar para Rhode Skin. “Como me concentro em cuidados da pele, posicionei a Rhode Skin como uma marca de beleza com cuidados com a pele como meu núcleo. Faz muito tempo que tive essa ideia, mas antes não tinha tempo para pensar no que fazer. Durante a epidemia, o ritmo de vida diminuiu, mas, em vez disso, pude me acalmar e seguir em frente. E também estou muito clara de que a promoção da Rhode Skin deve ser feita pelas redes sociais, porque esta marca é totalmente fiel às minhas próprias ideias e preferências, por isso espero que todos possam começar a me conhecer. Então, no ano passado, abri um canal no YouTube para compartilhar com vocês minha beleza, moda e todos os aspectos da minha vida. Usei minha própria maneira de criar o conteúdo de que gostava, falar por mim e informar a todos sobre mim. Espero que todos possam me conhecer, fãs que gostam de mim podem apenas querer me conhecer melhor, mas realmente, se você não gosta de mim, não me importa. Eu queria que as pessoas vissem o meu verdadeiro eu.”

Além de seu canal no YouTube, Hailey também abriu sua conta no Instagram durante esse período, convidando Amanda Nguyen, líder asiática de direitos humanos no setor, e Erica Chidi e Angela Rye, preocupadas com os problemas de saúde das mulheres, para apresentar a aula para compartilhar a consciência da igualdade de direitos e ajudar a eliminar grupos étnicos ambiguidade com a cultura. Ela também tem uma série de vídeos “Small Business Saturday”, onde ela compartilha suas marcas favoritas de beleza de nicho saudável. “Embora eu não verifique as mensagens do Instagram com frequência, sempre as respondo eu mesma.”

Hailey disse: “No futuro, também espero que a Rhode Skin seja uma plataforma de beleza, compartilhando cuidados com a pele, beleza e conteúdos relacionados à vida saudável. Não quero lançar um monte de produtos e não quero lançar coisas desnecessárias e empurrar no mercado da beleza já lotado. A Rhode Skin lançará com precisão o melhor produto em cada categoria, incluindo itens essenciais como cremes e soros, para ajudar todos a ter uma pele hidratada e brilhante, o suficiente para desenvolver bons hábitos para manter a pele saudável.”

Ao longo dos anos, ela trabalhou com o melhor maquiador da indústria, terapeuta de cuidados com a pele e dermatologista em contato, o que a deixa ainda mais convencida de que sua filosofia de cuidados com a pele é “pele fundamentalmente saudável.”

Com a Rhode Skin, Hailey sempre enfatizou que o valor central é ser quem você é. “Eu costumava lutar também, sem saber se seria popular e se agradaria a todos. Mas eu sempre lembro quando entrei na indústria, meu pai me disse: ‘Seja você mesmo, seja a Hailey. As pessoas querem trabalhar com você por causa de quem você é.’ Me lembro dessa frase muitas vezes. E agora eu tenho minha própria marca, Rhode Skin, meus próprios produtos para a pele, minha própria filosofia de beleza, meu próprio estilo de moda. Eles são todos meus. Todos eles vieram por mim, pelo meu verdadeiro eu.”

PHOTOSHOOTS > 2022 > VOGUE CHINA BEAUTY – JUNE

001VvpGXly1h2sgnukusqj617c1sz7wi02.jpg001VvpGXly1h2sgnt2cedj617w1szkjl02.jpg001VvpGXly1h2sgoc02xxj62i83hce8502.jpg001VvpGXly1h2sgnvsdx8j617x1sz1ky02.jpg

Fonte: Vogue Beauty Paper
06 de maio de 2022
Post publicado por Vitoria Dabus

Para introduzir a esse post, começaremos desde o princípio, quando o conselho do Met Gala decidiu que montaria um tema em torno do estilo norte-americano – “Na América: Um Léxico na Moda” e “Na América: Uma Antalogia na Moda”. Isso dado em conta que estávamos em pandemia e no ano de 2021 o evento que supostamente deveria ocorrer na primeira segunda-feira do mês de Maio, precisou ser adiado para o mês de Setembro. Por tanto, o tema seria com sub-temas, uma vez que o curto período de tempo está entre eles.

Hailey Bieber ano passado, acompanhada de seu marido passou pelo tapete vermelho, mas é claro, que na sua marca queridinha Yves Saint Laurent. Com um vestido preto tomara que caia, com pedras no vestido ao redor do busto e direito a um óculos de sol. Pois não há nada mais americano do que um pretinho básico – e mais detalhes você podem conferir no post do Met Gala de 2021.

Nesse ano com o sub-tema escalado “Gilded Age” (A Idade Dourada) e “White-Tie” (Gravata branca), ambos em traduções livres, faz como referência a éra de grandezas em meados de 1870 e 1890. E nossa super modelo, Hailey Bieber apareceu por lá estonteante novamente em YSL, em um vestido completamente de seda branco, com uma fenda generosa, uma capa dramática em conjunto de seda e plumas e elevando com um toque moderno de meias pretas. Hails que canalizou o vestido da super modelo Jerry Hall numa cópia super idêntica do usado em 2002, não teve intenção só de homenagear a obra, mas sim porque ela cai perfeitamente ao tema elegido ao baile neste ano. Pois, seda e cetim é algo que na época idealizada dava um ar de luz, brilho e a sutileza da nobreza. Até mesmo a cauda com plumas era de total referência aquela éra. E para completar Hailey com o seu coque no cabelo, realizado por Bryce Scarlett, e uma maquiagem bem suave, por Nina Park.

Mas, não podemos deixar de falar de um dos maiores aspectos! As jóias. que eram da grife Tiffany and Co. (Não é uma coincidência que a casa de alta joalharia com sede na Quinta Avenida de Nova York, tenha começado a prosperar nessa éra Gilded Age), portanto Hailey como rosto da campanha, teve o prazer de usar no baile cerca de R$2.000.000,00 em braceletes. Não se pode negar que essa é uma produção IMPECÁVEL.

O Portal Baldwin pensa em todos os detalhes e além das fotos em alta qualidade, trouxemos também as entrevistas legendadas e mais. Confira a seguir:

CANDIDS > 2022 > 02.05 – LEAVING ‘THE CARLYLE’ HOTEL ON THE WAY TO THE #METGALA IN NEW YORK, NYC.

PBBR00002~586.jpgPBBR00005~538.jpgPBBR00003~578.jpgPBBR00001~596.jpg

PUBLIC APPEARANCES > 2022 > 02.05 – MET GALA 2022: IN AMERICA: AN ANTHOLOGY OF FASHION (RED CARPET)

PBBR00033~168.jpgPBBR00023~267.jpgPBBR00006~531.jpgPBBR00008~478.jpg

PUBLIC APPEARANCES > 2022 > 02.05 – MET GALA 2022: IN AMERICA: AN ANTHOLOGY OF FASHION (INSIDE)

PBBR00019~28.pngPBBR00007~36.pngPBBR00020~26.pngPBBR00004~44.png

CANDIDS > 2022 > 02.05 – ARRIVING AT CARTIER’S MET GALA AFTER-PARTY HOSTED BY TOM FORD.

PBBR0001.jpgPBBR0001.jpgPBBR0001.jpgPBBR0001.jpg

CANDIDS > 2022 > 02.05 – ARRIVING AT THE MET GALA AFTER PARTY AT THE ZERO BOND CLUB IN NEW YORK, NYC.

PBBR00013~393.jpgPBBR00005~540.jpgPBBR00008~476.jpgPBBR00003~579.jpg

CANDIDS > 2022 > 02.05 – LEAVING THE MET GALA AFTER PARTY AT THE ZERO BOND CLUB IN NEW YORK, NYC.

PBBR00005~546.jpgPBBR00046~95.jpgPBBR00014~376.jpgPBBR00015~364.jpg

Categorias: Aparições, Eventos

Hailey Bieber é a capa da Vogue França na edição de Maio. Mesmo sabendo que Hailey Bieber já foi o rosto da capa para Vogue Paris essa seria a primeira vez da nossa modelo nessa versão, pois não podemos deixar de enfatizar que a revista francesa passou por uma mudança significativa em meados do ano passado. A Vogue que levava o nome da capital, agora carrega o nome do país, assim como as demais Vogues.

Fotografada por Karim Sadli, Hails com sua beleza posou mais naturalmente com direito a conjuntos “oversized” que causam o impacto no ‘shoot’. A revista que tem como programada para ser lançada no dia 03, já liberou a entrevista e nós temos ela traduzida na íntegra a seguir:

Na Vogue, me ofereceram coisas assim: “Você, que escreveu “Capital da doçura”, pode estar interessada em entrevistar a Hailey Bieber…”. E imediatamente penso: “Uh, qual a conexão?”. Como poderia meu romance “Capital da doçura”, ambientado no sul da França, e todo sobre a possibilidade da não-violência, ser sobre a jovem Hailey Bieber, sobre a qual, aliás, neste momento, não sei quase nada, exceto o que todos (ou quase todos) sabem, ou seja, a beleza estonteante dessa jovem e seus 42 milhões de seguidores no Instagram? E, também, a conexão com Justin Bieber (o marido). O que isso tem a ver com doçura, essa vida californiana no início da fama, o metaverso mais antigo do mundo?

Vários intermediários organizaram esta reunião. Eu em Trouville, Normandia, e Hailey Bieber em Los Angeles, Califórnia. E aqui na França são 19h. É manhã em L.A. Eu me forcei (começou bem, a Capital da Doçura !) a não chegar cedo no link do Zoom. A noite está caindo, do meu lado do planeta. “O anfitrião ainda não entrou na reunião.” Eu resmungo para mim mesma que é assim, as “estrelas”, que vou ter que esperar igual idiota na frente da minha tela, quando Hailey Bieber aparece na clarabóia e a acende, como um pequeno e bem programado poste de luz.

E veja como é estranho: assim que esse jovem aparece na minha frente, eu imediatamente entendo, pela doçura: estou diante de uma criança. A gigantesca popularidade de Hailey Bieber está recuando como um mar que a lua suga. Os 42 milhões de seguidores, o marido com 221 milhões de seguidores, o primeiro nome que o Google sugere assim que você escreve “h” e “a” na busca, tudo isso se materializa em uma mulher muito jovem, em uma poltrona de couro natural desgastada, idêntica àquelas bolsas que uma vez, na idade de Hailey, eu costumava comprar na ‘La Bagagerie’. Nada de maquiagem no meu interlocutor. Um coque apertado faz suas duas orelhas aparecerem o que já me chama atenção. Agora que entendi quem ela é, em dois segundos, alguém aparece ao seu lado, talvez um segurança…

Apresento-me brevemente, ela acena com a cabeça com ar de gostar saber um pouco mais sobre a pessoa que vai lhe perguntar tantas coisas… Advirto que não sei quase nada sobre ela: “Hailey, sei o que todo mundo tem em mente.” Confesso ter “pesquisado um pouco” na internet, aliás abro a entrevista com algo que li, uma frase do tio dele, Alec Baldwin (parece ele, acho). Alec Baldwin acha que sua sobrinha certamente é muito exposta, mas que ela tem maturidade para administrar tamanha notoriedade. Qual é a base da minha primeira pergunta para Hailey: “Quem tem maturidade, aos 25 anos, para ‘gerenciar’ esse tipo de vida, Hailey?”. Sua resposta: “Eu não tenho a menor ideia”. Ela olha para o espaço e posso ver que ela está pensando na pergunta, honestamente. Ela admite que sua vida não é “normal”, a priori, “nem vista de longe nem vista de perto”. Mas ela diz: “Eu vivo assim desde criança e o que meu tio fala faz sentido, já estou acostumada…”. Ela reflete. “Sem dúvidas, ao ver as pessoas pedindo para tirar uma foto com meu pai (o ator, produtor, escritor e diretor americano Stephen Baldwin, nota do autor.), devo ter perguntado um dia: ‘Mas por que o ele quer tirar uma foto com você, pai?’, com certeza meu pai tinha a resposta certa, que minimizava, que tornava normal o anormal. E é por isso que eu não sei sobre isso.”

Agora, estou pensando em algo que li, sobre as amigas dela, todas tão famosas quanto ela, Gigi Hadid, Kylie Jenner… “Ao seu redor, eu encontraria, se estivesse procurando, completos desconhecidos?” “Bem, claro que sim!”. Ela joga pra mim, como se minha pergunta fosse irrelevante. O que eu estava imaginando? Uma bolha com alguém trancado dentro?

Teimosamente, atrevo-me: “E os 42 milhões de seguidores, como você ‘se livra’ deles, às vezes?”. Desta vez, ela cruza as mãos: “Há uma coisa simples, mas não tão fácil de fazer: você tem que soltar o telefone. Minha liberdade começa a partir do momento em que estou com as mãos livres”. Os 42 milhões de almas a seguem como patinhos aonde quer que ela vá: “Não, eles estão no telefone”. Então ela decola, às vezes ela “desaparece no ar”, ela sai para flutuar no oceano, como o príncipe Rainier de Mônaco, que alegou que este é o único descanso real para pessoas famosas. Mas os tempos mudaram, e pergunto se é fácil, ou mesmo possível, livrar-se dos paparazzi na era dos drones. “Surpreendentemente, é possível”.

Essa vida, Hailey Bieber queria. Ela se tornou modelo aos 16 anos, eufórica com a ideia de viajar, de ser financeiramente independente em uma família de artistas que, “embora não fossem pobres, sempre tiveram preocupações financeiras”. Ela adorou a liberdade, a princípio sem perceber que também haviam pontos negativos, e que era um trabalho real. Ela adorava comprar roupas, dizendo “vamos lá!” e ia. Ela trabalha há quase dez anos. Ela tem 25 anos. 25 anos, nossa.

Hoje, o dinheiro está fluindo. “Neste ponto, também foi algo passageiro [aproveitar sem preocupações]. Esse dinheiro que era entretenimento se tornou uma responsabilidade. É fruto do meu trabalho, já penso no fato de que vai ser usado na educação dos meus filhos, e que não se deve brincar com isso. Porque se tem uma coisa que eu vi, é que o dinheiro pode te estragar de uma forma ruim. Por isso também quero me tornar uma empresária, dar um significado diferente ao dinheiro. Estou construindo uma marca de beleza. É tudo concreto, criativo.”

O dinheiro também permite que ela não seja dependente de seu marido de prestígio. Digo a ela que entendi porque ela amava esse jovem [Justin] quando o vi em um vídeo com a Billie Eilish, uma fã dele. Ele foi tão doce. Ele tinha uma doçura capital. Foi no documentário sobre Billie, “The World’s a Little Blurry (2021)”. Justin Bieber estava conversando com Billie Eilish ao telefone, dizendo que ela deveria cuidar de si mesma, e ele estava falando sobre a vulnerabilidade de jovens famosas. Este menininho revelou a alma de um velho sábio.

Hailey fechou os olhos por um momento: “Olha… já falei muito do meu marido. Muitas vezes, depois, tudo é distorcido, tirado do contexto. Eu adoraria que essa entrevista continuasse como começou…”. Isso foi dito com firmeza, mas também com imensa educação. E conheço alguém que insistiria, justamente porque essa comodidade não parece ser um limite atroz. Porque ela é jovem e eu sei como lidar com isso. Mas eu simplesmente acrescento: “Eu só queria dizer que consigo adivinhar porque você gosta desse homem: um dia eu vi a personalidade profunda dele”. Ela sorri.

Está completamente escuro em Trouville. A casa está silenciosa pois todos saíram para jantar, cansados ​​de me esperar. Eu havia avisado: “Vai durar quinze minutos”. Estamos conversando há 45 minutos. Digo a Hailey que, como ela (mas eu com 280 mil seguidores, tanto por nada) participei daqueles vídeos da Vogue onde você tem que comentar sobre street style. Neste vídeo [da Hailey pra Vogue], ela não usa as palavras usuais “tão legal”, “tão fofa”… ela prova sua capacidade de atenção aos outros, e sua inteligência, sua retrospectiva, sua sutileza, seu real interesse pelo que chamam de “o olhar”.

Ela então me diz, então, que ela é apaixonada por este exercício [analisar looks]. Ela leva a sério essas pessoas que se preocupam com sua aparência, porque a maneira como todos tentamos nos tornar interessantes e apresentáveis é louvável. Ela acrescenta: “Um dos comentários deste vídeo (e já percebo que ela lê os comentários) suspeitou que eu não estava sendo honesta, a pessoa considerou impossível eu dizer algo bom sobre looks que não se pareciam com o meu estilo. Ela [a pessoa] garantiu que eu estava fingindo gostar”. Acho que você pode dizer várias coisas sobre Hailey Bieber, mas não isso. Pronto, a entrevista acabou. Meu anfitrião saiu da conversa. No restaurante, meus amigos me perguntaram: “E aí?”.

PHOTOSHOOTS > 2022 > VOGUE FRANCE – MAY

pbbr00003~8.jpgpbbr00005~8.jpgpbbr00004~8.jpgpbbr00001~11.jpg

Fonte: Vogue FR
Categorias: Capas, Entrevistas, Revistas

Nessa Quinta-feira, dia 7 de Abril, finalmente aconteceu algo que os fãs já estavam esperando a muito tempo, Hailey Bieber divulgou através do seu Instagram, o site e o mês de lançamento da sua marca de skincare ‘Rhode’, que sera em Junho de 2022. Confira o site Aqui e ativem as notificações por email.

Em entrevista à revista Allure americana, Hailey contou que foram dos anos e meio de desenvolvimento até os primeiros produtos da marca finalmente nascer. Ela fez cursos de dermatologia on-line, e disse que que vai priorizar hidratantes no momento, e também contou que seus produtos custaram menos de 30 dolares. Confira aqui a entrevista completa.

Categorias: Uncategorized



Todos os direitos reservados - portal baldwin brasil © 2022
Desenvolvido por Maria Nunes & uni design